Belmo no olho da vaca: sintomas e tratamento

Belmo no olho
A opacidade da córnea do olho ocorre como resultado de lesões, queimaduras químicas, doenças e aparecem em quase todos os animais. Em uma vaca ou bezerro, esta inflamação dos tecidos provoca embaçamento da pupila, visão deficiente, coordenação deficiente, etc. A identificação de tal problema por sintomas característicos nos estágios iniciais permitirá manter uma boa visão e cuidar do animal. Como fazer e como tratar a inflamação – vamos falar sobre isso com mais detalhes neste artigo.

O que é esta doença?

Belmo em um olho fala do processo inflamatório causado por dano mecânico de tecidos. Isto é, é a inflamação dos tecidos da córnea naqueles lugares onde pequenas partículas traumáticas podem chegar. Às vezes, uma doença semelhante pode aparecer como um sinal adicional sobre outras doenças infecciosas no corpo do animal.
Belmo no olho

Causas da aparência

Existem algumas razões pelas quais um espinho nos olhos pode aparecer. Na maioria das vezes é causada por trauma nos tecidos delicados da córnea, o ingresso de algumas pequenas partículas ou a contaminação do mesmo tecido lesionado. Isso acontece com bastante frequência, porque durante o contato de um objeto e sua remoção do olho, começa o processo habitual de cura – no local da lesão da córnea, cresce o tecido conjuntivo, que cresce, causando turbidez.

Voce sabe As vacas sentem o campo magnético da Terra e sentem quando elas mudam. Enquanto comem comida ou descansam, eles colocam seu corpo exatamente em suas linhas.

Além disso, o espinho pode aparecer após a inflamação, por exemplo, conjuntivite ou úlceras. Nesse caso, uma cicatriz aparece. Às vezes, a garganta surge do tratamento inadequado, por exemplo, lavar com algum componente químico ativo, que queima a córnea e causa turbidez. A lasassiose é uma doença comum que causa problemas de visão. Aparece como resultado da infecção por helmintos.
Telasiose
Eles geralmente passam por moscas – eles se sentam na borda dos olhos e começam a botar ovos, dos quais aparecem pequenos vermes. Eles atacam a córnea e penetram no interior, causando inflamação, ceratite, o que provoca uma diminuição da visão. Às vezes um espinho pode ser genérico. No bezerro aparece quando o animal carrega inflamação ou infecção com helmintos, e é transmitido ao feto. Na maioria das vezes estes bezerros nascem precocemente e desenvolvem-se mal.

Como reconhecer os sintomas

A aparência de um espinho imediatamente provoca uma diminuição na acuidade visual, de modo que o dono pode facilmente determinar que algo está errado. O animal pode começar a se mover estranhamente e mal, perde a coordenação: ele vai para o lado ou constantemente vira a cabeça em uma direção (geralmente em direção ao olho saudável, quando o campo de visão diminui). É através de uma marcha tão característica que é mais fácil determinar a aparência do problema.

Importante! Definir o processo inflamatório é bastante simples. A vaca, neste caso, começa a sacudir a cabeça ativamente, com medo da luz, começa a se comportar inquieta e até agressivamente, constantemente resmungando. Fala de dor, desconforto.

Além disso, um sintoma brilhante é o processo inflamatório no olho, nos ductos lacrimais, a nasofaringe. Normalmente, o primeiro sintoma é uma descarga abundante de líquido do nariz ou dos olhos. Se a inflamação não for tratada, ela entra no estágio agudo – coágulos sanguíneos aparecem na delicada pele dos olhos, vermelhidão, inchaço dos tecidos.
Belmo no olho

Como curar um espinho no olho de uma vaca

Corretamente nomear o tratamento só pode um veterinário, por isso, se você encontrar um espinho ou inflamação, entre em contato com um especialista. Uma variedade de medicamentos é usada para tratamento, mas você também pode usar várias receitas nacionais. E devemos lembrar que, mesmo que a garganta já tenha aparecido, isso não significa que o processo inflamatório tenha diminuído.

Descubra o que as vacas estão doentes.

Medicação

Recomenda-se a lavagem com solução de clorofos a 1%, que é realizada várias vezes ao dia (5-6 se o processo de inflamação estiver ativo). É aconselhável realizar a lavagem de acordo com a prescrição e após acordo com o veterinário. Às vezes ele prescreve injeções para a terceira pálpebra uma ou duas vezes ao dia por 3-5 mililitros. Depois de uma pomada de tetraciclina é aplicada. Você também pode aplicar a pomada diretamente na pálpebra e sem injeções, como uma ferramenta de tratamento independente várias vezes ao dia.
Pomada de tetraciclina
Se a inflamação é causada por helmintos – o veterinário irá prescrever um agente antiparasitário eficaz (por exemplo, albendazol, aplicado uma vez por miligrama por 10 quilos de peso do animal). Com telasiosis usar tal ferramenta: 1 grama de iodo cristal é misturado com 2 gramas de iodeto de potássio e diluído em um copo de água fervida. A mistura deve ser digitada em uma seringa ou seringa e tratada com o olho. Guie o jato de solução para o canto do olho.

Importante! O tratamento deve ser necessariamente sistemático e realizado de forma constante e ativa. O curso geral de aplicação de qualquer meio não ajuda antes de um mês ou dois. E é necessário seguir as instruções do médico e monitorar a condição do animal.

As lavagens são repetidas 3 vezes ao dia e ajudam a eliminar vermes nos olhos por várias semanas. Para lavar os olhos, você pode usar o seguinte: uma solução a 0,5% de ácido carbólico é diluída em 200 mililitros de água e o procedimento de lavagem é realizado da mesma forma que a solução anterior.
Albendazol

Remédios populares

Um dos remédios populares mais populares é o açúcar em pó. Alguns proprietários apenas sopram suavemente nos olhos, enquanto outros são criados em uma pequena quantidade de água e aplicados como uma pomada. O procedimento é feito várias vezes ao dia. Tal remédio ajuda a se livrar do grau inicial da doença – dentro de poucos dias de tal terapia o espinho se torna mais escuro e se torna menor, mas o remédio não cura os danos à córnea. Você também pode fazer loções de uma infusão de dente de leão, 5 vezes por dia. A preocupação sobre onde colocar os restos da pomada ou a infusão não é necessária – a inflamação raramente passa rapidamente.

Voce sabe Touros e vacas se transformaram em ruminantes no processo de desenvolvimento e evolução. Por causa da falta de garras, caninos, a capacidade de correr rápido, eles inventaram gradualmente uma outra maneira de comer pegue rapidamente sua comida, engula e fuja. E então mastigue em um lugar seguro.

Os remédios populares para o tratamento de espinhos também incluem o uso de pão de centeio: em um pão fresco, um buraco é cuidadosamente feito na parede, tão grande que um copo pode caber ali. O vapor que entra no copo é usado como remédio; você precisa pingar 3 ou 4 gotas três vezes ao dia. O tratamento é de 1-2 meses. A segunda maneira de obter o condensado medicinal é um bolo de farinha de centeio, que é colocado quente em um frasco, após o qual o próprio recipiente está bem entupido e esperando até que o bolo esfrie.

Medidas preventivas

A prevenção não é apenas para manter a limpeza no celeiro e cuidar do animal, também é recomendado para realizar a limpeza preventiva de parasitas. Também, a prevenção da aparência de um espinho no olho inclui:

  • Escolha de pastagens em lugares. removido da floresta (para que o animal seja menos prejudicado pelos galhos durante a busca de folhas).
  • Remoção de todos os lugares perigosos da sala, que podem ser feridos pelos olhos.
  • Vacas grávidas devidamente vacinadas devem receber injeções preventivas. É também desejável, pelo menos uma vez por ano, na primavera ou no verão, a realização de tratamento profilático contra parasitas (albendazol, alvéolo ou tetramizol). Agentes antiparasitários são diluídos em água e deixados beber da vasilha para todo o rebanho.
  • Remoção oportuna do estrume do celeiro, tratamento das instalações de moscas e outros parasitas.
  • Certifique-se de realizar o tratamento profilático da lã de todo o rebanho com medicamentos contra moscas, moscas e carrapatos.

Também é aconselhável seguir as condições sob as quais o animal está em condições, inspecioná-lo pelo menos uma vez a cada poucas semanas. Isso ajudará a determinar rapidamente se algum problema de saúde ocorreu e também tomar medidas rapidamente para eliminá-lo.
Remoção de estrume do celeiro
O tratamento de um espinho é um assunto complexo e de longo prazo, mas é bastante possível prevenir a sua aparência. Siga as instruções preventivas, vacine a tempo, monitore a condição do animal e então, mais provavelmente, será possível evitar o aparecimento de tal problema como uma garganta ou inflamação.


Like this post? Please share to your friends:
Leave a Reply

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!:

99 − = 97

map