Como cuidar de bálsamo da Nova Guiné em casa

Bálsamo

A flor de bálsamo chique, que impressiona a todos com sua constante floração, é na verdade muito gentil.

Balsam Nova Guiné: descrição

As espécies da Nova Guiné foram criadas por criadores cruzando o bálsamo Hacker com outras espécies desta planta. Esta planta perene difere de seus parentes em tamanho grande, mas você pode encontrar representantes de tamanho razoavelmente compacto.

Sua floração como quiser: Orquídea Milton, Epiphyllum, gloxinia, dipladeniya, azaléia, Adenium, hibisco, eustoma, Catharanthus, amarílis, Weigela, begônias, antúrio, Spathiphyllum, pelargonium.

A cor das folhas do bálsamo da Nova Guiné pode começar sombra de bronze e alcançar o verde escuro. O caule é poderoso com um tom avermelhado. Floração continua quase ao longo dos 12 meses. As flores são grandes, regulares e pintadas em cores diferentes – de branco a todos os tipos de vermelho. Além disso, em uma planta pode ser flores monocromáticas ou de duas cores, simples ou terry.

Bálsamo

Voce sabe Em diversos países, as pessoas, com base na qualidade básica de bálsamo, os diferentes nomes desta flor: somos “Vanka molhado”, “light” e “sensível” em Inglaterra – “intrometido Lizzie”, na Áustria – “uma grinalda bonita” e na Alemanha – “Lisa zelosa”.

Regras básicas de pouso

Para sempre desfrutar da maneira como a planta floresce, o cuidado em casa para esta flor deve ser correto e oportuno.

Escolha de lugar e iluminação

Desde a flor é pouco exigente em casa, mas ele ama a luz e água, e um pote desta planta deve ser colocada de modo que o sol estava bem de vida, mas a planta em si não estava na luz solar direta. Se a casa tiver janelas voltadas para o leste ou para o oeste, elas serão o lugar ideal para o crescimento.

Importante! Se o bálsamo da Nova Guiné não é suficiente luz, sua beleza decorativa é significativamente reduzida.

Se você quiser que a flor o agrade com floração e no período de outono-inverno, será necessário prolongá-lo um dia de luz até 14 horas. Para isso, é melhor usar fito-lâmpadas especiais. A falta de luz em qualquer época do ano afeta negativamente a planta – ela se estica e se torna muito mais leve.

Temperatura e umidade

Balsam Nova Guiné é planta amante do calor, e a temperatura mais moderada para o seu crescimento e desenvolvimento será de 18-24 ° C. Esta planta com medo de mudanças climáticas repentinas, Portanto, é possível tirar a planta de casa ou apartamento para uma estadia permanente no ar apenas quando a temperatura do ar do dia e da noite difere de 5 a 8 ° C, no máximo. No inverno, é necessário prestar atenção aos rascunhos, uma vez que o bálsamo deixa muito rapidamente a geada, o que acaba levando à morte de toda a planta.

Bálsamo

Para abrigar uma flor bem cresceu, ele a umidade do ar é importante 40-60%. Para aumentar a umidade no local onde há uma panela de bálsamo, é necessário colocar uma palheta com keramzita (pedrinhas) e certificar-se de que esteja molhada. No inverno, o ar seco ou sobreaquecido pode ser umedecido pulverizando as folhas duas vezes ao dia com água fervida ou filtrada completamente resfriada.

Importante! Brotos e flores caindo em bálsamo estão associados à secura excessiva do ar.

Solo para cultivo

O solo para o crescimento do bálsamo da Nova Guiné deve ser leve, nutritivo, úmido e, ao mesmo tempo, solto com acidez (ph) dentro de 5,8-6,2. Você também pode usar o já pronto primer universal, destina-se a plantação de plantas de interior, mas adicionar migalha claydite ou vermiculita. Também é necessário fazer uma camada de drenagem na panela que proteja a planta tenra da estagnação da água.

Instruções de cuidados

Embora o bálsamo de flores seja a Nova Guiné e despretensioso, mas como cuidar dele, você deve necessariamente saber.

Rega

Como qualquer planta, ele gosta de rega regular e abundante. No entanto, deve assegurar-se de que a água no vaso não fique estagnada, mas flua livremente através da drenagem.

Importante! A decomposição de hastes espessas e suculentas está associada à rega excessiva.

Bálsamo

Aderir a este modo de regar esta flor, em que o solo em sua panela será constantemente ligeiramente úmido.

Nutrição Vegetal

Não mais do que duas vezes por mês, é necessário fertilizar a flor. Para fazer isso, use uma solução fracamente concentrada de fertilizantes complexos, em que predomina o potássio.

Importante! Evite a cobertura superior do bálsamo com fertilizantes nitrogenados, pois eles causam um ganho na massa verde, mas ao mesmo tempo reduzem a floração.

Beliscar e podar

Bálsamo da Nova Guiné cresce rapidamente, mas sem cuidados especiais durante 1,5-2 anos, perde a sua forma compacta original. Para evitar que isso aconteça, nos topos das filmagens você precisa segurar uma pitada periodicamente. Mas a poda dos galhos não é recomendada, pois tal ação levará à formação de cânhamo espesso na planta.

Como transplantar uma flor

Devido ao fato de que esta flor interior não tem um período de descanso, pode ser transplantado a qualquer momento. E que a flor está abundantemente florescendo, é necessário transplantá-lo em uma panela ligeiramente apertada. Os espécimes jovens devem ser transplantados para outro pote maior em volume, e para propagação de uma planta adulta, o método de estacas deve ser aplicado.

Voce sabe No Em todo o mundo, cientistas descobriram e estudaram mais de 600 espécies diferentes de plantas de bálsamo.

Transplante de plantas

Para transplantar a planta adequadamente, você precisa preparar uma panela preparada para um quarto do volume inteiro para encher com a drenagem. Em seguida, encha a parte superior da panela com um primer e regue-a com água morna constante. O solo do qual você vai transplantar a flor, é necessário regar em abundância, e depois disso, com muito cuidado, tirar a planta. Inspecione cuidadosamente as raízes da planta e, se necessário, corte as lesões em um tecido saudável. Transplante a planta em um novo solo com um pedaço de idade.

Com a ajuda de mudas multiplicar: plumery, brugmansiyu, diffenbachia, petúnia, crisântemo, clematis, thuja, louro, uvas, ameixa.

Reprodução de bálsamo interior

Como muitas plantas, o bálsamo de Nova Guiné variegado pode ser propagado de várias maneiras. Considere como enraizar uma flor na água e como ela se multiplica por suas próprias sementes.

Estacas

Vendo no peitoril da janela esta planta elegante, a maioria dos amantes de flores internas imediatamente se perguntou como multiplicar o bálsamo. A melhor maneira de multiplicar é os cortes. Para fazer isso, é necessário ter a ponta da parte aérea, que tem pelo menos três entrenós, e, depois de cortá-la um pouco abaixo da última, enraizar na água ou em areia bem umedecida. Durante duas ou três semanas nos jovens estacas as raízes formam-se.

Enraizamento de estacas de bálsamo

Sementes

Você também pode tentar cultivar uma flor a partir das sementes, formada após a queda das flores. Para isso, é necessário coletar sementes bem amadurecidas, secá-las em um local bem ventilado e semear em vasos com uma mistura de turfa e areia (50:50). Despeje a água morna e cubra com um filme.

Bálsamo Crescente de Sementes

Importante! Como estamos lidando com um híbrido, esteja preparado para que, ao multiplicar por sementes, você não consiga manter as características da planta mãe.

As principais doenças e pragas da flor

As doenças mais comuns da sala de bálsamo estão associadas a cuidados inadequados. Em particular, Podridão da raiz se desenvolve a partir de umedecimento excessivo ou persistente do solo. Isso também causa o apodrecimento da base do caule do bálsamo.

Se você perceber que o bálsamo é folhas enroladas, então a razão para isso pode ser um ácaro. Outra grande praga desta planta pode ser atribuída a afídeos e mosca branca. Para se livrar das plantas dessas pragas, é necessário lavar sistematicamente a planta sob um banho quente. Em caso de danos graves, o bálsamo deve ser pulverizado com uma ação química apropriada.
Lesão dos ácaros

Se você cumprir todos estes métodos simples de bálsamo cuidado, você, sua família, seus amigos e vizinhos sempre agradar uma bela vista do bem e abundante bálsamo floração.