Doenças do morango: prevenção, sinais e tratamento

Doenças de morango
Com o início do verão, todos aguardam ansiosamente a colheita de morangos. No entanto, os morangos são propensos a um grande número de doenças, e as medidas de tratamento devem ser tomadas a tempo. Caso contrário, existe uma ameaça para permanecer sem mimos. Este artigo descreve as doenças mais comuns das plantas, seus sinais, métodos de tratamento e prevenção, que ajudarão você a salvar morangos e aproveitar o sabor divino de seus frutos.

Spotting

A mancha é a doença mais comum dos morangos. Afeta não só a parte decídua, mas também leva à perda de colheita. Com uma doença vasta, todos os frutos podem ser perdidos, assim como as próprias mudas. A ameaça de danos à planta com esta doença permanece durante todo o período vegetativo. A mancha não passará por si só para se livrar dele, é necessário tomar medidas apropriadas imediatamente. Folhas manchadas de morangos são causadas por um fungo, dependendo de sua espécie, eles distinguem esses tipos de doença:

  • mancha branca;
  • castanho;
  • marrom.

De um tipo específico de doença depende de quais métodos de tratamento e prevenção devem levar um jardineiro para salvar a colheita e a planta.

Importante! Se os morangos e o solo abaixo dele não forem processados, você pode perder a colheita não apenas no ano atual, mas também no ano seguinte: o fungo começará a se desenvolver ativamente no próximo ano, inibindo o crescimento e a floração de novas mudas.

Manchas brancas

Manchas brancas
Este tipo de doença é causada por fungos do gênero Mikosferella e Ramulia. Começa a se desenvolver no início da primavera. Afeta folhas, caules, pecíolos, bagas. Os sinais de manchas brancas já podem ser detectados em maio. Estes incluem:

  • a formação de manchas brancas na superfície das folhas com franjas escuras;
  • a forma dos pontos é redonda ou oval, eles localizam-se ao longo do veinlet central de folhas;
  • ao longo do tempo, manchas caem, e em seu lugar se formam buracos, sob as condições do desenvolvimento da doença, seu tamanho torna-se maior, formando grandes buracos;
  • folhas e pecíolos morrem;
  • bagas são cobertas com manchas e podridão ou murcha.


Os fatores que desencadeiam a infecção de morangos com essa doença são:

  • antes de plantar as mudas, cebola, alho, verduras, cenouras, batatas, berinjelas, pepinos, tomates, milho, aipo, feijão, colza, trevo, cereais cresceram no local;
  • aterrissagem grossa;
  • danos ao solo por podridão ou pragas;
  • não limpeza oportuna de folhas secas;
  • Solo não tratado ou tratado tardiamente na primavera;
  • uso prolongado do site.

Ordan
No inverno, os esporos permanecem nos restos da planta. O fungo bem tolera calor e baixas temperaturas, tempo úmido e seca. Em espaços abertos, onde há muita luz, os esporos se desenvolvem mais rapidamente. A doença é transferida para rostochki saudável com a ajuda de vento, chuva, insetos, através do solo.

Medidas de controle e prevenção:

  • no início da primavera, limpe a área das folhas do ano passado e queime-as;
  • na primavera para processar mudas “Falcon”, e no outono “Ordan”;
  • No caso de plantio de novos brotos, após a brotação com manchas brancas, somente plântulas saudáveis, não danificadas, são utilizadas;
  • bigodes de desbaste e mudas para garantir uma densidade normal;
  • oportuna remover as folhas e mudas afetadas, ausentes;
  • remova as bagas que faltam;
  • não transbordam;
  • realizar o curativo superior com fertilizante de potássio;
  • Não fertilizar com substâncias orgânicas (esterco, excrementos).
Voce sabe Para remédios populares para combater doenças de morangos na forma de manchas brancas é a pulverização das folhas da planta com solução de iodo (50 ml de iodo por 10 l de água).

Mancha marrom

Mancha de folha marrom
O agente causador da mancha marrom é o fungo Mersoninna. Desenvolve-se em meados de julho. A mancha marrom afeta as folhas dos morangos, às vezes bigodes e pecíolos. Folhas no início da doença são cobertas com grandes manchas avermelhadas de forma irregular e angular. Mais tarde, as manchas ficam marrons. Na superfície dos pontos estão espalhados pontos pretos, que secretam muco. Conforme a doença se desenvolve, as manchas perdem sua cor pronunciada e as folhas simplesmente secam. Nos pecíolos e no bigode, a mancha marrom dá-se como pequenos pontos pretos ligeiramente deprimidos. Os portadores são insetos, vento, gotas de chuva.

Importante! LOs morangos são perdidos em pouco tempo. É difícil notar a doença em um estágio tardio. Parece que a planta está apenas se preparando para o período de descanso: as manchas desaparecem e as folhas secam. Porém, quando a folhagem jovem cresce, manchas de micela se formam naquela hora.

Fatores que criam condições favoráveis ​​para o desenvolvimento da doença:

  • aterrissagem grossa;
  • rega excessiva;
  • limpeza intempestiva do site de ervas daninhas.

Medidas de controle e prevenção:

  • No outono, pulverize a área com o “Ordan”;
  • na primavera para processar “Falcon” ou “Ridomil” para prevenção;
  • para plantio use apenas mudas sadias;
  • crescer uma planta em camas altas;
  • corte oportuno e limpe a área da folhagem seca e dos bigodes;
  • usar fertilizantes potássicos;
  • tratamento com uma solução de manganês (5 g por 10 litros de água).

Mancha angular ou marrom

Ponto Angular
A planta é afetada em julho. Danifica as folhas, bigodes, pecíolos, bagas. Isso leva ao desaparecimento das folhas, após o qual as plantas não toleram o inverno, muitas delas congelam e os rendimentos se deterioram no próximo ano.

No início da doença, manchas amareladas se formam nas folhas, que eventualmente se tornam marrons. No entanto, a borda amarelada permanece. Com o desenvolvimento da doença, as manchas crescem e se tornam angulares. Após a chuva, os esporos mucosos do fungo se formam na superfície das manchas. Em pecíolos e bigodes, a doença se manifesta como pontos marrons, que eventualmente se tornam necrose.

Métodos de luta e prevenção:

  • No outono, remova toda a folhagem seca e infectada;
  • processar no período de outono plantas “Ordanom”;
  • Na primavera, para prevenção, você pode pulverizar “Ridomil”, “Quadrice” ou “Falcon”.

Oídio

Oídio
A doença se manifesta nas folhas e frutos com um revestimento branco, que se assemelha ao mofo pelo seu cheiro. Os agentes causadores são fungos que são transportados por via aérea ou em conjunto com plântulas infectadas.

Métodos de luta e prevenção:

  • plantar morangos em uma área bem ventilada e suficientemente iluminada;
  • crescer uma planta em camas altas;
  • pulverização de primavera “Quadrice” (para profilaxia);
  • Ao identificar sinais da doença após a colheita das bagas, as plantas são pulverizadas com “Fundazol”.
Voce sabe Sabor desagradável de mofo e formas feias de morango é dado pelo oídio.

Podridão

O apodrecimento é uma doença perigosa e comum dos morangos. É difícil se retirar. Ao mesmo tempo, leva à morte de um grande número de culturas. A doença pode destruir até 85% da fruta.

Podridão antracnose

Afeta toda a parte aérea dos morangos. Os sinais da doença incluem:

    Podridão antracnose
  • o aparecimento na folhagem de manchas cinzentas com uma borda arroxeada;
  • derrota de hastes com pontos e feridas cinzentas;
  • murchamento de frutas não amadurecidas;
  • formação de manchas pretas de putrefação nas bagas;
  • frutas secas.
Importante! A condição mais favorável para o desenvolvimento da podridão é o solo úmido. A secagem de solo excessivamente umedecido com precipitação abundante ajudará a salvar a planta de doenças.

Métodos de luta e prevenção:

  • plantio de mudas sadias;
  • morangos em crescimento em camas altas;
  • Quando uma doença é detectada, pulverizar com “Antrakol” ou “Quadrice”.

Rizoctonia (podridão de raiz preta)

Rotação de raiz preta
Morangos são propensas a esta doença durante todo o período vegetativo. Com esta doença, manchas pretas de forma circular se formam nas raízes da planta. Com o tempo, o sistema radicular fica flácido e seco. Com tal doença, os rendimentos são significativamente reduzidos, as plântulas crescem mal e não formam pêlos, os pecíolos adquirem uma cor castanha. Depois de um tempo, na ausência de medidas adequadas, a planta morre.

Os mais suscetíveis à rizoctonia são as plantas que crescem:

  • em solo empobrecido;
  • nas parcelas onde batatas, tomates, milho cresceram antes;
  • Em condições em que morangos foram cultivados por um longo tempo sem mudar de lugar.

Métodos de luta e prevenção:

  • mudança do lugar de cultivo da planta (no mesmo lugar, planta não mais cedo que em 4 anos);
  • não é desejável fertilizar com orgânico;
  • Para a prevenção de mudas pulverizadas outono “Ordan”.

Podridão branca

Podridão branca
Um sinal da doença com podridão branca é o brilho da folhagem com a sua secagem ou decomposição. Nas folhas e bagas forma-se um revestimento branco. Com o tempo, as bagas começam a apodrecer. O desenvolvimento da doença é promovido pelo clima úmido frio e um plantio denso.

Métodos de prevenção e controle:

  • dizimação de mudas densamente plantadas;
  • crescendo em camas altas;
  • ao revelar sinais da doença, os morangos são tratados com “Desorol”.

Podridão cinzenta

Afeta toda a parte aérea da planta. Nas folhas há manchas cinzentas, elas não têm um contorno claro dos limites. As frutas são cobertas com manchas marrons, tornam-se aquosas, flácidas e sem gosto. Com o desenvolvimento da doença, as bagas são completamente cobertas com uma flor cinza.

Podridão cinzenta
Os factores que acompanham o aparecimento da podridão cinzenta são o aumento da humidade e a diminuição da temperatura, o contacto com as bagas da terra, a colheita intempestiva das bagas infectadas. As condições mais favoráveis ​​são o frio rigoroso e mudanças de temperatura. O fungo, que provoca o aparecimento de podridão, hiberna no solo e nos restos de morangos.

Métodos de prevenção e controle:

  • limpeza de outono do local de folhas e frutos infectados;
  • mulching com palha;
  • desbaste;
  • pulverização no início e meio de floração “Teldor”;
  • limpeza periódica de frutas infectadas, folhas, bigodes, ervas daninhas.
Voce sabe Os mais suscetíveis a danos à podridão cinzenta são tais variedades: Zengana, Krasava, Cinderela, Nadezhda.

Podridão negra

Esta doença é propensa a bagas. Tornam-se marrons, perdem o olfato e o gosto, tornam-se aguados. No processo de desenvolvimento, as doenças são cobertas com uma flor escura.

Medidas de controle e prevenção:

  • morangos em crescimento em camas altas;
  • processamento de outono “Ordan”;
  • para prevenção na primavera, pulverizada com ácido bórico (10 g por 10 litros de água).
Importante! Profilático proteção do morango contra a doença A pulverização com preparações químicas deve ser feita antes do momento da floração e após a colheita. Se for necessário tomar medidas urgentes – a colheita após a pulverização é recolhida e descartada. É necessário se familiarizar com o perigoso período de exposição a venenos, indicado na embalagem.

Murchando

Esta doença ocorre com bastante frequência. É causado por cogumelos. Neste caso, os arbustos de morango desaparecem muito rapidamente. Por murchar também é típica destruição em massa de plantas.

Ventilação da Ventiliculose

Ventilação da Ventiliculose
Isso leva a uma redução significativa no rendimento e impede a reprodução total da planta. É causada pela atividade do parasita – o nematóide. Com danos abundantes ao solo arenoso, os morangos são perdidos em uma semana. Se você não levar medidas, a plantação inteira morre em 2 anos.

Os sinais da doença incluem:

  • crescimento lento de arbustos;
  • diminuição na folhagem;
  • Pecíolos avermelhados.

Métodos de luta e prevenção:

  • Eliminar o plantio em áreas onde as batatas costumavam crescer;
  • mudar periodicamente o local de plantio de morangos;
  • controle de nematóides.

Phytophthora murcha

Afeta todas as partes do solo da planta, levando a uma diminuição no rendimento. As bagas marrons aparecem nas bagas, tornam-se amargas a gosto. Depois de um tempo as bagas secam. Botões e flores são cobertos com manchas escuras de forma irregular durante a floração. As hastes e pecíolos adquirem uma tonalidade marrom. Após a chuva, todas as partes da planta são cobertas com um revestimento branco.

Métodos de tratamento e prevenção:

  • evitar rega excessiva;
  • alterar periodicamente a localização do morango;
  • antes de florescer polvilhe com “Ridomil”.

Fusarium murcha

Fusarium murcha
O primeiro sinal da doença é o escurecimento das bordas da folhagem. Os pecíolos ficam marrons e apodrecem com o tempo. Os arbustos afetados descem ao solo. As bagas são marrons e eventualmente encolhem. A planta doente desaparece completamente em um mês e meio.

Métodos de tratamento e prevenção:

  • remoção oportuna de plantas doentes;
  • processamento de outono “Ordan”;
  • mudança periódica de cultivo;
  • Elimine o plantio de morangos nas áreas onde a batata, o milho e a cebola cresceram pela primeira vez.
Importante! Ao plantar, use somente material totalmente saudável. Todos os tipos de doenças são transportados junto com mudas infectadas.

Assim, os métodos mais importantes de combate às doenças do morangueiro são a limpeza oportuna de ervas daninhas, partes infectadas de plantas, frutas, bem como o cultivo em leitos altos, a pulverização preventiva.


Like this post? Please share to your friends:
Leave a Reply

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!:

24 − 17 =

map